Orçamento e Gestão

Realizarei nos dias 25/11, no Rio de Janeiro, e 30/11, em São Paulo, curso sobre Orçamento e Gestão Financeira – Como Preparar sua Escola para 2012, em conjunto com a DMC Consultoria. Para preparar o público para o tema, preparei um artigo que está sendo enviado pela DMC para seus clientes.

Publico abaixo a primeira parte do artigo. Cadastre-se na DMC e receba mais novidades no seu e-mail.

 

Orçamento e Gestão – Parte 1

Por Denis Drago

.

O conteúdo a seguir é parte integrante do curso:
Orçamento e Gestão Financeira – Como Preparar sua Escola para 2012 | + Informações
Rio de Janeiro/RJ – 25/11 e São Paulo – 30/11

.

O histórico das empresas educacionais privadas no Brasil mostra que as que estão presentes há mais de 20 anos no mercado foram criadas por educadores apaixonados, grupos religiosos ou associações de classe, ligadas a outro país ou de interesse comum. Em todos esses casos o processo de gestão não era o maior complicador, e sim o desenvolvimento educacional.

Nos últimos 20 anos, percebemos, em geral, dois movimentos distintos: criação de novas empresas no ramo educacional por parte de grupos empresariais e aumento da concorrência, fruto do aumento da quantidade de vagas e/ou diminuição na quantidade de clientes. Nos dois casos a consequência imediata é o aumento da concorrência e a necessidade de aliar a preocupação com o desenvolvimento educacional com o desenvolvimento em gestão.

Os antigos Diretores, que já tinham a preocupação em garantir a qualidade educacional, passaram a investir seu tempo em entender como os colégios podem dar resultados financeiros positivos. Os novos Diretores, que já ingressaram no mercado com essa preocupação, também se ocupam em entender como o colégio pode progredir financeiramente.

Para entender esse caminho da gestão algumas metodologias aplicadas em empresas de outros segmentos foram trazidas para o setor educacional. Falou-se sobre Down Size, Reengenharia, Gestão por Resultados e outros. A questão é que a maior parte delas foi encapsulada como soluções mágicas, sem serem adaptadas ao setor educacional e testadas em colégios dos mais variados portes. A esse problema soma-se a falta de produção acadêmica em gestão educacional. O tema é pouco estudado em Universidades públicas ou privadas, que não possuem linhas de pesquisas na área em seus programas de mestrado e doutorado.

Como solucionamos a questão? Em primeiro lugar precisamos tratar o colégio como uma empresa, sem dissociar o pedagógico do administrativo. Gestão é tudo e não apenas uma parte. Depois precisamos aceitar que as ferramentas de gestão que não foram criadas para o setor educacional podem, e devem, ser usadas, desde que sejam adaptadas e testadas. Por fim, precisamos integrar todos no planejamento, controle e avaliação da empresa, sejam no âmbito educacional ou administrativo.

Denis Drago – Responsável pela gestão de 18 escolas de ensino básico no Brasil, consultor associado daDMC Consultoria.

O conteúdo a seguir é parte integrante do curso:
Orçamento e Gestão Financeira – Como Preparar sua Escola para 2012 | + Informações
Rio de Janeiro/RJ – 25/11 e São Paulo – 30/11

Para mais informações Acesse o site ou ligue: (11) 2673-0231 – 2673-2241

.

        

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s