Reprogramação mental: como reprogramar a sua mente para viver uma vida melhor.

Ter pensamento positivo e adquirir hábitos saudáveis são essenciais para lidar com o acúmulo de estresse.

Conforme dados baseados nas pesquisas de Paul Stoltz (Phd), Diretor do Instituto Global de Resiliência, nos dias atuais, o homem enfrenta pelo menos 23 adversidades por dia. Isso mesmo, 23 adversidades que o testarão durante todo o dia, com o objetivo de levar-lhe ao mais alto índice de estresse.

Por exemplo, uma pessoa sai de casa atrasada – o filho acordou com febre – e vai para o trabalho driblando o trânsito, mas, mesmo assim, alguém lhe dá uma fechada e quase bate no seu carro. Ao chegar à rua de sua empresa, não existem vagas para estacionar, então, ela roda pelos quarteirões até conseguir uma vaga. Estaciona. Quando finalmente chega ao escritório, atrasada, tem mais de 60 e-mails para ler, sendo pelo menos 12 urgentes, além de duas rápidas reuniões. E assim caminha o seu dia, até que ao final da jornada, que nem sempre termina no horário previsto, retornar para casa, provavelmente lendo e respondendo a alguns e-mails pelo celular. Como recompensa, no momento em que tenta relaxar, surgem as famosas dores no corpo, aquela sensação enorme de desânimo, somadas a uma falta ou excesso de apetite, além do sentimento de que, mesmo dormindo um dia inteiro, ainda acordará cansada. Se a sua rotina é essa, tenho que lhe informar que o seu corpo corre um sério risco de “pifar”. E quando digo “pifar”, refiro-me a desde uma depressão profunda até um quadro cardíaco grave.

Cada vez mais, as empresas procuram profissionais que, além de todas as especificações técnicas, demonstrem o equilíbrio e a agilidade necessários às resoluções de problemas. É errado pensar que, ao tirar férias, você simplesmente se livrará do estresse. Tenha certeza de que, ao voltar à rotina, em pouco tempo, todos os sintomas potencializados ressurgirão. E o resultado prático disso reflete diretamente no seu cérebro, que conseguirá acessar cada vez menos as suas Capacidades Requisitadas (aquelas necessárias para lidar com as tarefas diárias). Daí virá a perda de memória recente, além da sensação de não estar conseguindo mais dar conta do recado. Porém, é possível mudar este quadro, e, dependendo do seu estado, a saída é mais fácil do que se imagina. Você precisa fazer uma reprogramação mental!

Segundo Martin Seligman, psicólogo e professor da Universidade da Pensilvânia, “times de basquete, jogadores e times de baseball otimistas têm um rendimento melhor do que o esperado, principalmente quando a situação está ruim”. Ele ainda afirma que “as pessoas que apresentam modelos de reações destrutivas são pessoas que, infalivelmente, acreditam que suas vidas nunca mudarão”. Sua pesquisa sobre Impotência Condicionada indica com clareza a possibilidade de aprendizagem desses modelos de reação e, mais importante ainda, de reprogramação e fortalecimento.

Uma descoberta recente da Dra. Lisa Aspinwall, psicóloga e professora da Universidade de Utah, aponta que as pessoas que apresentavam padrões de reação e pensamento mais construtivos antes de uma cirurgia cardíaca “tinham probabilidades de levantar-se, caminhar pelo quarto e voltar ao trabalho mais rápido que os pessimistas”.

É muito importante reprogramar a sua mente, adquirindo alguns hábitos saudáveis para ajudá-lo a lidar melhor com as adversidades diárias e para evitar que o seu corpo sofra as consequências. Veja a seguir dez dicas que irão auxiliá-lo a iniciar a sua reprogramação mental.

  • Faça pelo menos quatro vezes por semana, alguma atividade que lhe dê prazer. Ter um hobby é importante.
  • A sua jornada de trabalho termina no instante em que você sai da empresa. Não leve os problemas do trabalho para casa.
  • Arranje tempo e faça exercícios diariamente.
  • Não leve o computador para a cama. Aproveite o tempo para descansar a mente, assistir a algum programa agradável e relaxar.
  • Reclame menos. Reclamar não resolverá o seu problema.
  • Passe todo o tempo possível ao lado das pessoas que você ama, sem falar de trabalho.
  • Se você errou, não perca tempo se culpando. Resolva o problema e siga em frente.
  • Valorize o seu sono.
  • Sorria mais.
  • A meditação é uma excelente saída. Então, se você gosta, medite.

Lendo isso, talvez você diga que não tem tempo, não acredita ou já fez outras coisas que não deram resultados. Isso é realmente verdade ou é apenas a sua mente fugindo, por estar funcionando no automático e no limite do estresse? Você sabia que 90% das suas preocupações não se tornam problemas? E quando estamos cansados ou nervosos, não devemos resolvê-los? Caso o façamos, existe uma grande probabilidade de tomarmos atitudes impulsivas, mal analisadas, com grande probabilidade de dar errado no final.

Para que tudo funcione como você imagina, você precisa funcionar direito! Se não consegue sozinho, procure ajuda profissional, por meio de terapia ou de sessões de coaching, por exemplo. Apenas não desista, nem ache que a sua vida será sempre assim.

A sua vida é apenas o reflexo daquilo que você oferece ao mundo. O que você tem oferecido a ele?

Francisco Nicastro


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s