4 dicas para trabalhar a fidelização de alunos a partir do 1º dia de aula

Em poucos dias a rotina volta nas escolas: recepção de alunos, aulas, festas, provas, boletins, recuperações, aprovações e reprovações. Esse ritual, que se repete todos os anos, suga o tempo e a energia realizadora dos gestores. O mergulho nesse dia-a-dia pode ser o maior vilão da inovação e da implantação de novas estratégias para fidelizar os alunos.

.
Para fugir dessa situação, aqui vão 4 dicas chave para que você aponte o holofote da gestão para a fidelização dos seus alunos.

.

Chaves_peq

.

1 – Entenda quem são seus alunos

A princípio você pode achar que essa dica é óbvia, e que sua escola já conhece os alunos. Mas será que isso é verdade? Entender é mais profundo do que conhecer. Quando a escola aprofunda o conhecimento de quem são os alunos, o que eles desejam e valorizam, ganhamos a oportunidade de trabalhar em uma camada mais profunda de ações de curto e médio prazos. O entendimento traz mais assertividade nas ações educacionais, nos investimentos em infraestrutura e em direcionamento do atendimento.

.
Para entender é preciso fazer pesquisas, envolver os professores e outros profissionais, perguntar e conversar. Os dados devem ser analisados, as respostas categorizadas e os resultados estudados para auxiliar na tomada de decisões ao longo do ano.

.

2 – Aproxime-se dos alunos

Uma escola não pode ser pega de surpresa quando um aluno pede transferência. De todas as atividades profissionais, talvez a escola tenha o relacionamento mais intenso com os clientes. São pelo menos 800 horas de contato intenso por ano (4 horas por dia, durante 200 dias letivos). Essa proximidade deve ser usada para mapear os alunos que tem potencial de sair da escola, permitindo que você personalize o atendimento e trabalhe para que ele não evada.

.

3 – Entregue inovação

Os alunos são sedentos por novidades, e muitas escolas são avessas a elas. Em geral os gestores decidem por reformas e manutenções programas para os períodos de férias e recesso, o que provoca a entrega de novidades estruturais apenas em 2 momentos ao ano. A dica é concentrar as grandes reformas em momentos de férias, mas diluir as pequenas manutenções e reformas (geralmente pinturas e novos equipamentos). Assim sua escola pode planejar a entrega de pelo menos 1 melhoria por mês.

.

4 – Divulgue os resultados

Não basta fazer, é preciso que os alunos e pais saibam o que a escola faz. Invista no planejamento das suas ações de divulgação em mídias físicas, no seu site e nas redes sociais. Como essa é uma estratégia de marketing inovadora, é possível que sua escola precise de ajuda profissional. O investimento vale a pena para quem trabalha com foco nos resultados.

.

Sua escola está pronta para começar a fidelizar alunos?

.

Fale com a Vecte para entender mais sobre nossa solução para fidelização de alunos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s