Pais de ontem X pais de hoje

Nos últimos 30 anos, a pirâmide etária do nosso país está emagrecendo na base e engordando na faixa inicial da população economicamente ativa. Os dados da nossa população indicam que o Brasil é jovem e está em franco crescimento populacional.

Fonte: http://populationpyramid.net/

 

Ao analisar a pirâmide, percebemos alguns fenômenos acontecendo ao mesmo tempo no nosso país:

  • Nascem menos crianças;
  • Temos maior população nas faixas de 10 a 14 anos e de 25 a 29 anos;
  • Morremos mais tarde.

Além dessa análise trazer para a escola a certeza que sua maior possibilidade de crescimento está no Ensino Fundamental II, é preciso entender que a necessidade do pai de hoje é muito diferente do pai do aluno da década de 1980.

Se por um lado os bens de consumo ficaram amis baratos, por outro as contas recorrentes de casa estão cada vez mais presentes. Minimamente a família de classe média somou ao seu orçamento mensal a conta de celular, TV a cabo, internet rápida, parcela do automóvel, viagens programadas e outras. A facilidade e diversificação do consumo leva ao maior comprometimento do orçamento mensal, e ao adiamento do nascimento de filhos.

Segundo o IBGE, em 2004, 21% da população entre 25 e 34 anos moravam com os pais. Em 2014, a parcela aumentou para 24,3%. O adiamento da saída de casa é o retrato de uma geração que planeja mais o nascimento do seu filho, decide investir mais em educação e trabalho e está conectada em dispositivos eletrônicos.

Quando decidem sair de casa, constituir família e ter filhos, essa geração carrega hábitos adquiridos quando estavam na casa dos pais. Isso quer dizer que eles esperam que seus filhos sejam tratados como eles foram: a ordem é conexão, conforto e harmonia. Tudo isso sem perder o conforto e o status.

Você já avaliou como sua escola se conecta com os pais? Eles são tratados hoje assim como os pais de década de 1980 eram tratados?

 

Fale com a Vecte para entender mais soluções de conexão para atrair e fidelizar mais clientes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s