O que é realmente importante?

Para complementar a discussão sobre tecnologia na educação, indico a leitura do editorial do Estado de S. Paulo do dia 13/02/2012, intitulado Tecnologia sem pedagogia. Leia aqui.

O posicionamento do governo continua sendo levado pelo modismo, capitaneado pela entrada da tecnologia na educação. Não consigo compreender porque não temos uma única pesquisa científica sobre o assunto em Universidades Públicas brasileiras. E se elas existem, porque não chegam ao MEC? Como o MEC investe tanto no programa Um Computador por Aluno e não cria métricas para avaliar seus resultados?

Não seria mais inteligente estimular a criação de projetos por parte dos colégios e entregar verbas para que eles realizem, cobrando os resultados esperados? Esses projetos também poderiam ser tecnológicos. O problema é que a tecnologia passou a ser compreendida como o Sassá Mutema da educação.

Uma lástima.

.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s